domingo, 21 de abril de 2013

O Boneca

"O catraio é um pequeno bote geralmente conduzido por um só homem. Era frequente, as fragatas que outrora sulcavam as águas do rio Tejo, rebocarem um catraio, sem mastro e velame. Por associação, passou a designar-se por catraio a criança levada pela mão de um adulto."

Lotaria! melhor que ter um barco é ter um amigo com um barco. E que barco! 









Os mestres da Moita tristes por verem o Tejo perder uma embarcação típica. -Nunca o deixem morrer, diziam.  -Se não o conseguirem manter, tragam-no de volta.









Canoas e Catraios, Faluas já não há nenhuma!






O novo arrais a caminho do Sado. Para trás o antigo dono emocionado de ver o Boneca partir. 

O Boneca, varado, no seu novo estaleiro.

Copos para festejar.
Em breve estará novamente com velas pandas a navegar