terça-feira, 17 de junho de 2014

Ultra maratona caminhos do Tejo


No sábado passado corri de Santarém a Fátima, a versão mais curta da mítica Ultra Maratona Caminhos do Tejo, que na sua versão original começa no Parque das Nações e acaba em Fátima, num percurso de 144 km, eu comecei em Santarém (62 Km) juntamente com outros 19 atletas. De Lisboa saíram de véspera outros tantos, quase metade ficou pelo caminho... 

Com tão poucos atletas à partida achei que seria um forte candidato ao último lugar mas por outro lado estaria sempre entre os 20 primeiros :)
A pesar dos 40ºC até não me saí muito mal. Valeram-me um banho de rio nos Olhos de Água do Alviela, e noutras quantas fontes pelo caminho, e também muitas paragens à sombra até a temperatura do corpo descer um pouco... acho que avariei o meu termostato, nas alturas de maior calor sentia arrepios de frio pelo corpo todo!!
O percurso é bom e tem boas paisagens embora demasiado estradista para o meu gosto. Passar em Minde foi muito fixe, com o clube de escalada e atletismo da minha rua, em peso, a fazer claque :) A minha mulher e o meu filho do meio, o meu mais velho não estava e a mais nova dormia no carrinho, ainda assim tive uma boa claque.
Parabéns à organização a prova estava muito bem organizada e a simpatia do Staff inigualável e obrigado ao Tiago da organização, que sem me conhecer de lado nenhum, não se importou de trazer a Berlingo de Santarém até Fátima evitando que eu andasse para trás e para a frente para a ir buscar.   



Algumas fotos de Espiral Foto:

Saída do grupo de Lisboa.

Portas do Sol - Santarém.

Analice Silva em plena forma nos seus 70 anos. Não falha uma ultra maratona. O ano passado correu a Marathon des Sables.











Saída do reduzido grupo de Santarém.