terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Nouakchot

Acabadinhos de chegar a capital da Mauritania! Para trás já ficou as difíceis fronteiras de Marrocos e desta Mauritania, e a terra de ninguém, três quilómetros entre os dois países sem estrada e onde reinam os bandidos fora da lei entre os montes de sucata e contrabando um óptimo local para apanhar viajantes incautos. Ao contrário do que estávamos a espera, Marrocos foi um tormento... Multas e policia muito austera por todo o lado, radares de velocidade a cada esquina... Longe vão os tempos de um pais simpático com policia descontraida. Pelo menos foi essa a impressão que ficamos nos três dias a descer o pais. O novo rei de Marrocos esta a mudar o pais profundamente, industria, agricultura, infraestrutura de meter inveja! Carros topo de gama por todo o lado, shopings em Marrakech! A Mauritania foi um alivio! 500 km de boas estradas sempre em recta, com paisagens alucinantes. A única construção que vimos foi a estrada, tudo o resto sao acampamentos nómadas e camelos. Estamos acampados num albergue, onde encontramos um grupo de doze portugueses em missão humanitária a caminho de Bissau. Comemos umas belas ervilhas ao jantar e um belo do vinho tinto proibido neste pais mulcumano..mas bem! Estou pra ver amigos.