sábado, 10 de março de 2012

Mesquitas e mosquitos

Dormir bem e um caso serio!
Na noite em que estreamos a nossa tenda automatica de 25euros, comprada na sport zone, estava muita humidade, a tenda era de um tecido tao reles que o tecto ficou cheio de gotas de agua e cada vez que nos mexiamos caiam em cima de nos.
Na Mauritania a tempestade de areia encheu me a garganta de po e durante o resto da viagem tenho tido a garganta erritada.
Foi rara a noite em que nao acordamos com as rezas nas mesquitas, em Nouakchott foi de hora a hora, em Nioro dormimos memo encostados a uma, onde um orador passou a noite toda a ler o Corao numa ladainha monocordica interminavel.
Se nao era da mesquita era dos mosquitos, houve uma noite em que acampamos perto do rio, ainda nos deitamos ao relento, estava muito calor, mas os mosquitos devorara nos e fomos transpirar para a tenda.
Numa pensao manhosa os mosquitos so nos largavam se a ventoinha do tecto estivesse a trabalhar e a fazer um barulho desgracado.
As melhores sestas sao no lugar do pendura durante as viagens. Ate porque se nao for o mosquito ou a mesquita e o Rui a ressonar! ehehehehe :)